18 de fev de 2010

Receita de Repelente dos Pescadores Contra Dengue!

Queridos, dias sem postar, falta-me inspiração, mas como recebi este email,achei iomportante colocar aqui para melhor divulgar. Mtas pessoas morrendo de dengue, parece que estamos voltando à Idade Média... Já que nossos governantes não estão dando conta e a população (não todos, claro) não colabora, vai aí uma receita que parece funcionar, tudo bem que é de pescadores hehehe, mas .... Vamos fazer?


DENGUE I: FAÇA O REPELENTE DOS PESCADORES EM CASA: 

1/2 litro de álcool;- 1 pacote de cravo da Índia (10 gr);- 1 vidro de óleo de nenê (100ml) 

Deixe o cravo curtindo no álcool uns 4 dias agitando, cedo e de tarde; 

Depois coloque o óleo corporal (pode ser de amêndoas, camomila, erva-doce, aloe vera). 

Passe só uma gota no braço e pernas e o mosquito foge do cômodo. O cravo espanta formigas da cozinha e dos eletrônicos, espanta as pulgas dos animais. 

O repelente evita que o mosquito sugue o sangue, assim, ele não consegue maturar os ovos e atrapalha a postura, vai diminuindo a proliferação. A comunidade toda tem de usar, como num mutirão. Não forneça sangue para o aedes aegypti! 

Ioshiko Nobukuni - sobrevivente da dengue hemorrágica 

nobukunister@ gmail.com 


Segue abaixo o email que recebi...

"Leiam,não é só para esse tipo de mosquito. 


Estou repassando, por entender tratar-se de uma solução fácil para um problema que vem se arrastando 
e adoecendo tantas pessoas. 
Se for possível, repassem



Senhores, volto a insistir, com tanta chuva, está sendo impossível controlar poças d'agua e criadouros, como sabem. 

Estou fazendo um trabalho de formiguinha e está dando certo. 

Este repelente caseiro, ingredientes de grande disponibilidade, fácil de preparar em casa, de agradável aroma,econômico. 

Em contato com pessoas, tenho notado que não se protegem, estão reclamando que crianças estão cheias de picadas. 

Tenho distribuído frascos como amostra, todos estão aderindo. 

Já distribuí 500 frascos e continuo. 
Mas, sou sozinha, trabalhando com recursos próprios, devido ao grande número de casos de dengue, não consigo abranger. 
Gostaria que a SUCEN sugerisse aos municípios distribuir este repelente (numa emergência) nos bairros carentes com focos da dengue, ensinando o povo para futuramente preparar e usar diariamente, como se usa sabonete, pasta de dente. 
Protegeria as pessoas e ao mesmo tempo, diminuiria a fonte de proteína do sangue humano para o aedes maturar seus ovos, atrapalhando assim, a proliferação. 

Não acham que qualquer ação que venha a somar nesta luta deveria ser bem vinda? 

0 comentários: