11 de mar de 2011

MENSAGEM DE MARIA

*Amada e Divina MARIA** (2a. Parte) - 6 de Março de 2011 - AutresDimensions

 
Pergunta: o que fazer quando se é levado a trabalhar fora enquanto nos é solicitado para nos interiorizarmos ao máximo?

Meu Filho, cada ser humano, em relação a isso tem, eu denominaria isso, um ‘timing’ diferente.
Alguns estão totalmente interiorizados, outros participam ainda desse mundo.
Não há arrependimento nem julgamento a fazer, aí tampouco.
As circunstâncias de vida farão com que seu calendário, que lhes é próprio, seja seguido à risca.
Alguns de vocês se encontram totalmente desobstruídos de qualquer envolvimento, outros ainda não.
Mas, gradualmente e à medida que a Luz aumentar em vocês, ocorrerá um ajuste exterior necessário e indispensável.
Vocês não têm que tomar a dianteira, vocês não têm que se antecipar, vocês têm simplesmente que se fundir na Graça.
Gradualmente e à medida que a Luz aumentar em vocês e que sua Lareira cardíaca se abrir, então as circunstâncias da vida farão com que isso que era obstáculo ao estabelecimento de sua Luz, em totalidade e inteiramente, seja afastado de seu caminho.
Vocês não têm então que passar à frente da Luz.
Se existem impulsões para viver ainda mais recolhido desse mundo exterior, então a Luz agirá nesse sentido e procurará as circunstâncias necessárias, embora isso possa às vezes ser assustador, para que vocês estejam livres e disponíveis para seu papel de Filho das Estrelas e de Filho da Luz a fim de manifestar sua Unidade, não tanto para vocês, somente, mas também para o mundo.
Assim, aí tampouco, não há que julgar, não há que se adiantar nem que se antecipar.
Há apenas que aquiescer ao que lhes propõe a vida.
Seja quem for, quaisquer que sejam suas ocupações nesse mundo, tem a possibilidade de encontrar tempo para sua Unidade.
Esse tempo e esses espaços vão aumentar para cada um de vocês e para cada um segundo seu próprio calendário.
Uma vez instalada a Luz, ela preenche todo espaço, mas vocês não têm que se antecipar ou que se adiantar ao apelo da Luz.
Simplesmente, retenham que, segundo o princípio da Unidade e da Graça, desde que estejam prontos, então as circunstâncias exteriores mudarão para você.
Alguns têm, aliás, vivenciado isso desde alguns anos, às vezes de maneira abrupta, eu diria.
 Devem sempre ter confiança na Luz e no que lhes propõe a vida quando vocês aquiescem à Luz porque, naquele momento, tudo se engendra para que a Graça possa se estabelecer, integralmente, em sua vida, mesmo se, obviamente, o mental ou os estados afetivos ou emocionais possam vir colorir isso pelo medo, mas isso é lógico.
Perder os ‘pontos de referência’ que implicaram em uma série de certezas e segurança é às vezes doloroso viver para o ser humano.
Mas eu lhes recordo as palavras do Cristo, de meu Filho: “Deixe os mortos enterrar os mortos e siga-me”.
Agora, é você que você deve seguir.
Mas, ainda uma vez, seguir si mesmo não é se adiantar a si mesmo.
Cabe simplesmente aquiescer ao plano da Luz para vocês e não fazer, vocês, os planos porque esses planos não são sempre de acordo com a Luz.
A Luz é Inteligência, muito mais do que seu próprio mental jamais será.
Não deixem o mental, nem as emoções, nem os interesses, conduzirem sua vida, mas aceitem que a Luz modifique, em vocês e ao redor de vocês, o que é certamente necessário para que vocês engrandeçam, ainda mais, em Luz.
De qualquer maneira, as transformações que vão se seguir neste período de final dos tempos, desta Dimensão, vão ser cada vez mais rápidas, como eu o disse, tanto para aqueles que não estão ainda abertos a esta Vibração da Consciência nova, da eternidade, como para aqueles que estão abertos, eu diria, desde as ‘Núpcias Celestes’ ou bem antes e que experimentaram certo número de resistências.
Durante os tempos que fluem agora, até o final dos tempos, as coisas vão se mover cada vez mais rápido.
Como vocês o têm constatado, por outro lado, na superfície deste mundo, mesmo se, na Europa e em particular nos países do Oeste Europeu, vocês estão atualmente preservados porque vocês não estão ainda, ao nível coletivo, prontos como alguns povos para viver sua própria Ascensão, mas, entretanto, isso se constrói.
Não há, aí tampouco, que culpabilizar ou se considerar em atraso.
Há simplesmente fenômenos de maturação que são específicos de certas Vibrações do solo ou do que vocês chamam também de ‘egrégoras coletivas’ ligadas a histórias, ligadas a países, ligadas a tradições, a culturas.
Mas tudo isso está em curso.
Pergunta: como sentir mais intensamente sua Vibração ao nível do Coração?

Meu Filho, minha Presença em meio ao seu Coração está aí, como a Presença dos Arcanjos, como a Presença do Cristo.
Ela está aí por toda a eternidade.
Por que ela está aí por toda eternidade?
Porque nós estamos presentes em sua carne, pela nossa carne, pelo que vocês denominam o DNA e o sangue.
Seu sangue é nosso sangue, seu DNA é nosso DNA.
Como criadora desta Dimensão, antes de sua falsificação, há apenas que revelar o que está ainda, para alguns, adormecido.
Há, evidentemente, técnicas que puderam ser comunicadas a vocês, mas a mais bela das técnicas que lhes permitem Vibrar em meio à minha Presença e à sua Presença, é o Abandono total e a fé total na Luz.
Não há outras coisas, é a única coisa a fazer.
Pergunta: nós temos outro papel a desempenhar, além daquele de estar no Estado de Ser?

Meu filho, eu responderei que isso, aí também, é função do calendário de cada um.
Esse mundo existe ainda.
Ele se desagrega, mas é vital que esteja ainda presente já que a Luz não está instalada completamente.
O que deveria permitir uma transição muito mais simples e fácil do que certos planos que foram inicialmente previstos e que vários por sinal se apressaram para instalar o medo da transformação, falando apenas em catástrofes, falando apenas o que era negativo, de seu ponto de vista.
Ao passo que a Luz é, em seu estabelecimento, algo majestoso e grandioso.
Então, alguns seres participam ainda, e continuarão a participar até o sinal, que eu denominarei ‘cósmico’, visível em seus Céus, nesse mundo, porque é preciso, para certas almas, irem até o extremo limite antes de se revelarem.
É nesse sentido que não devem julgar nem contradizer quem quer que seja ou o que quer que seja.
Lembrem-se de que a Luz é Graça e que, quando vocês estão em concerto Vibratório com a Unidade, sua vida se torna, no exterior, Unitária.
 Os obstáculos vão desaparecer um após o outro.
Isso é, de qualquer modo, o efeito visível da Luz quando ela se instala e quando ela se propaga no exterior de sua vida.
Mas, para isso, é preciso que a Luz se enraíze, para isso, é preciso que o Coração se abra a fim de deixar aparecer a Luz no exterior, em sua vida.
E isso, também, cada um vive ao seu ritmo que lhe é próprio até o sinal visível nos Céus.
Todo trabalho que vocês realizaram, vocês que têm acompanhado as ‘Núpcias Celestes’ ou que trabalham em meio à Vibração do Amor, foi para preparar, naturalmente, a Merkabah interdimensional da Terra, a nova Matrizde vida liberada em meio ao que é denominado a 5ª Dimensão.
Vocês trabalharam para a Terra e também para o conjunto de seus Irmãos e de suas Irmãs.
Vocês foram, como Miguel o disse, os Ancoradores da Luz, os Portadores de Luz e agora vocês irão irradiar cada vez mais Luz.
Há simplesmente que aquiescer, aí também, a esta ‘nova liberdade’ que vem.
Se vocês tivessem, como diria meu Filho, um mínimo de Fé como um grão de mostarda, vocês moveriam as montanhas.
Nada mais existiria como oposição ou como freio ao desdobramento da Luz.
É esta Fé que é preciso agora desenvolver.
Mas esta Fé não é uma Fé cega da crença.
É uma Fé da experiência de suas próprias Vibrações que deve transparecer em suas vidas.
Jamais o Ser de eternidade que vocês são colocar-se-á a questão do que ele vai comer amanhã.
Jamais o Ser de eternidade que vocês são irá ter qualquer apreensão, afetiva, profissional ou outra porque a eternidade está no ‘instante’ e o instante está totalmente dissociado do amanhã e do ontem.
É este espaço que vocês são convidados a reingressar porque vocês apenas poderão estar na Paz e na Alegriaa mais total quando vocês estiverem totalmente instalados no ‘instante presente’.
Algumas de minhas Irmãs que irão intervir depois de mim revelar-lhes-ão meios muito simples de comportamentos de suas vidas a fim de favorecer o estabelecimento de seu presente e, portanto, de sua Luz.
Pergunta: quando nos tornarmos Luz, estaremos sempre na 3ª Dimensão?

Meu Filho, a Luz deve ser realizada e vivenciada, aqui.
É justamente isso que prepara a Passagem nesta nova Dimensão de vida.
A revelação da Luz deve ser total nesta Dimensão.
É a única maneira de dissolver a Ilusão, integralmente, dentro de cada um de vocês como em seu exterior.
Este abrasamento final ocorrerá, não tenham qualquer dúvida sobre isso.
Seu Sol se prepara.
O Cosmos inteiro e toda a Frota Intergaláctica dos Mundos Unificados estão aí para isso e isso ocorre aqui e não em outro local.
A Luz não é para amanhã, em uma outra Dimensão.
A Luz é para agora, em vocês, em seu Coração.
Não há que projetar um universo melhor em outra Dimensão porque tudo ocorre agora e isso ocorre aqui e em nenhuma parte em outro local.
Pergunta: por que então o Amor, a Luz são muitas vezes rejeitado?

Meu Filho, isso é muito simples.
A rejeição do Amor e da Luz é específica da personalidade porque a personalidade existe apenas, justamente, pela ausência de Luz e pela ausência de Amor.
Nada, em meio à personalidade, corresponde à Luz e ao Amor.
Mesmo o amor, no sentido da personalidade, é uma apropriação e não uma doação.
O que vocês denominam amor não é Amor.
O que vocês denominam luz não é Luz.
Esse mundo, em totalidade, é uma Ilusão, desde sua falsificação.
Quando vocês encontrarem, totalmente, sua Multidimensionalidade que vocês compreenderão e aceitarão esse grande princípio, que os Orientais sempre desenvolveram, denominado Ilusão ou Maya.
Mas enquanto vocês estão na Ilusão, vocês não podem saber que é uma Ilusão, nem vivê-la.
Apenas saindo da Ilusão.
Ora sair da Ilusão acontece aqui e agora, e em nenhuma parte alhures.
Não é em um amanhã melhor, não é em outra Dimensão.
Deve ali haver interpenetração da Luz, do Amor, nesse mundo, e isso passa pela purificação desse mundo e pela dissolução total da ilusão.
Mas isso acontece aqui e agora.
O elemento, obviamente, dominante para a personalidade, é o que foi chamado de ‘medo’.
Lembrem-se de que vocês estão em um mundo ‘invertido’, falsificado e que o que vocês chamam de luz, para nós, é a Sombra.
De nosso ponto de vista, vocês estão na Sombra.
Esse mundo está apagado mesmo havendo uma beleza original que o olhar do Coração deve e pode reencontrar, como lhes assinalou e denotou NO EYES, por exemplo.
A Matriz, como a vivem, é uma ‘projeção’.
Esta projeção Ilusória era compatível com o projeto d’A Fonte já que havia liberdade de viajar também nesse corpo como nas outras Dimensões.
Quando vocês reencontarem esta capacidade, então o momento virá para dissolver, completamente, a Ilusão e transformar esse mundo.
A Terra elevar-se-á então à sua nova Dimensão de vida onde mais nada será como aqui.
Pergunta: no momento da trasfiguração pela Luz, o choque da humanidade, a separação das duas humanidades terá já ocorrido?

Completamente.
Este elemento é anterior e ocorre nesse momento mesmo.
Vocês o veem, cada um de vocês, em meio a suas vidas: seres que eram até hoje próximos de vocês se afastam e vocês se afastam também de certos seres.
As circunstâncias de suas vidas mudam para conciliá-los com a Lei de Graça, ainda uma vez, cada um ao seu ritmo e segundo a intensidade necessária.
O que acontece no momento atual, em meio ao seu ambiente mais próximo, ocorre, nesse momento, para o conjunto da Terra.
Aí também, convém não julgar.
Aí também, convém encontrar cada vez mais esta Luz que lhes permite encontrar a segurança a mais total no que se vive.
Enquanto vocês colocarem sua segurança nas realizações externas ou nas pessoas de fora, vocês não encontrarão a segurança Interior.
Esta está unicamente ligada à Liberdade do Amor e à Graça do Amor e a nada mais.
Pergunta: a humanidade que não tiver vivenciado a Transfiguração pela Luz reencontrar-se-á na 3ª Dimensão Unificada?

Sim.
Somente aqueles que terão aquiescido à Transfiguração viverão sua Ressurreição.
Entretanto, cada Consciência humana experimentar-se-á face a face com a Luz.
Alguns, então, poderão se identificar, por ‘ressonância Vibratória’ do Amor e da Unidade, com a Luz e outros não o poderão.
Mas, no entanto, isso bastará para restabelecer a conexão e a Interdimensionalidade, mesmo se essas almas venham a ter necessidade, de algum modo, de uma ‘purificação’ que irá ocorrer de maneira muito mais agradável do que foi o caso nesse mundo.
Não haverá mais separação.
Não haverá mais divisão.
Haverá simplesmente almas que serão tributárias de um corpo que não poderá se liberar, ao nível daConsciência.
Mas é uma coisa estar confinado em um corpo de 3ª Dimensão em carbono, sem ter a reminiscência da Vibração d’A Fonte, e é outra coisa estar confinado em um corpo e estar religado e reconectado ao resto do Universo.
A separação termina, completamente, para todos, para as duas humanidades, para o conjunto da Terra.
Entendam bem que, quando eu falo de duas humanidades, isso não é uma separação porque o conjunto da humanidade é Una.
Mas há numerosas Moradas na Casa do Pai e algumas almas escolheram ir para sua Liberação e outras têm necessidade, ainda, de viver e experimentar o que se chama de ‘mundos em carbono’, todavia sem perder a confiança no que eles são, em Eternidade.
Pergunta: essas Passagens em 3ª Dimensão Unificada serão feitas com ou sem o corpo?

Aí também, meu Filho, há tantas Moradas na Casa do Pai, que alguns escolherão deixar esse corpo para receber um novo corpo, outros partirão com esse corpo aos Mundos Unificados.
Há tantos caminhos e destinos: vocês não têm todos a mesma destinação intermediária, mas vocês todos têm, sem exceção, a mesma destinação final.
Os caminhos para ali chegar são muito numerosos.
Pergunta: para o acesso à 5ª Dimensão, há também acesso com ou sem o corpo?

Meu Filho, o corpo será regenerado pela Luz, ele será transformado pela Luz a fim de que a lagarta se torne borboleta.
A borboleta não leva a lagarta, isso é impossível.
Alguns seres deverão conservar um corpo em carbono, não em relação às suas próprias memórias, mas unicamente em relação a certa ‘bagagem’ que representa uma somatória de conhecimentos úteis para a Luz.
Então, aí também, a regeneração e a Ressurreição apenas poderão acontecer pela Luz.
Esse é o mecanismo final, como lhes foi anunciado, desde vários anos, pelo Comandante, denominado, de maneira humorística, o ‘planeta-grelha’.
Isso, todo mundo vai viver, exceto aqueles que terão sido, previamente, evacuados com esse corpo, porque eles deverão participar, com esse corpo, de uma 3ª Dimensão Unificada.
Mas mesmo eles, evacuados, viverão este ‘reencontro com a Luz’, de forma mais modesta que aqueles que permanecerão no solo, o que representa a grande maioria da humanidade e das duas humanidades.
Pergunta: essa evacuação que você fala ocorrerá por intermédio de suas Embarcações?

Bem amada, minha Embarcação e minha Frota pertencem a Dimensões elevadas.
Se eu tivesse que referir o tamanho de minha Embarcação àquele da Terra, a Terra inteira poderia entrar em minha Embarcação.
Esse não é o objetivo de nossas Embarcações.
Esse é o objetivo de algumas Embarcações pertencentes à 3ª Dimensão Unificada.
Mas, ainda uma vez, o que vocês devem ter presente no espírito, é que cada um de vocês irá lá aonde o leva sua Vibração e a nenhum outro lugar.
Vocês não têm que se inquietar ou se preocupar em saber se vocês estarão em ‘ilhotas de sobrevivência’, se vocês estarão em uma Embarcação Arcturiana ou se vocês terão ressuscitado pela Luz, porque isso seria apenas projeções.
Saibam simplesmente que cada um, sem qualquer exceção, irá, exclusivamente, lá aonde leva sua Vibração e a nenhuma outra parte.
Pergunta: cabe aceitar tudo o que vem, qualquer que seja a natureza do que se apresente?

Meu Filho, há um princípio simples.
Nos acontecimentos que ocorrem em suas vidas, há coisas que são brutais, alguns são fáceis porque eles se inscrevem no contexto de uma transformação Unitária, outros apenas fazem ilustrar as resistências do ego.
Como diferenciar os dois?
O que é ‘resistência do ego’ traduz-se pela noção de sofrimento, pela necessidade de mudar as coisas que não estão de acordo com o que se crê ou com o que se deseja.
Ao passo que em meio à ‘Unidade’, para aquele que está na busca de sua Unidade, um acontecimento, mesmo traumatizante, é rapidamente transcendido e superado pela Consciência do Amor e da Unidade.
É o que faz toda a diferença entre o que vem do ego e o que vem da Luz.
O que vem da Luz pode ser, nesse momento, às vezes, extremamente violento, mas as consequências são alegres e fluidas, e estarão inscritas, sempre, no princípio de Liberação e no princípio da Graça.
É nesse sentido que lhes é solicitado não julgar, não reagir, porque um acontecimento que ocorre em sua vida está aí para fazê-los reagir.
E mesmos os seres que estão no caminho para sua Unidade e que têm a Vibração do chakra do Coração, aí também, para recair na reação da personalidade.
A diferença situa-se, nos tempos que vão se seguir, algumas horas, alguns dias, algumas semanas mais tarde, com o distanciamento necessário e o desprendimento suficiente, então, naquele momento, compreende-se e sabe-se que o que se produziu era do ego ou então era ligado à intrusão da Luz, em seu sentido o mais nobre que é aquele de sua Liberação.
Mas vocês não têm qualquer elemento, senão a Vibração do próprio Coração (se vocês são capazes de obtê-la naquele momento) que lhes dará a resposta.
Certos elementos de suas vidas podem parecer-lhes, efetivamente, muito traumatizantes e podem solicitar, de sua parte, uma resposta dita ‘adaptada’.
Mas quem responde?
Quem reage?
O ego ou o Amor em si?
Devem, para isso, tomar, aí também, certa distância em relação ao que é vivenciado.
Esta distância podendo ser ilustrada pela própria consciência ou pelo tempo que transcorre, para que possam entender o que aconteceu.
É difícil ter esta consciência, no momento em que isso ocorre, exceto para aqueles que são capazes de Vibrar em meio ao Coração e saber se o acontecimento que é vivenciado se inscreve na lógica do Coração e na lógica do Amor ou na lógica da personalidade.
Pergunta: a que corresponde, em nosso corpo, o segundo Sol?

O segundo Sol corresponde à reunificação de seu corpo dissociado e de seu corpo de Eternidade.
O aparecimento do segundo Sol corresponde à compreensão de que o corpo que vocês habitam não é sua Morada eterna e de que sua Morada eterna é um outro corpo de outras Dimensões.
Este corpo, ele, percorre todas as Dimensões.
Ele não é limitado pelo que quer que seja.
Portanto, a modificação do Céu corresponde à modificação de sua própria consciência.
O que é visto no exterior é o que acontece no Interior, porque o que é visto no exterior é apenas uma projeção daVerdade, da Realidade.
Então, evidentemente, mesmo e apesar da falsificação, o que ocorre nesse mundo corresponde também ao que ocorre em cima, mesmo se isso foi alterado.
O que está em cima é como o que está embaixo, para fazer o milagre de uma só coisa, muito em breve.
Portanto, a modificação de seus Céus, a modificação do Sol, o aparecimento do segundo Sol e de uma grande quantidade de luzes em seus Céus, correspondem exatamente ao que vocês vivem no Interior de sua consciência e ao que vive a Terra.
 Não temos mais perguntas. Nós lhe agradecemos.
Meus Filhos bem amados, eu voltarei aproximadamente em uma semana, sempre para revelar, um pouco mais, coisas extremamente simples, relativas ao seu futuro, bem além de datas, bem além de acontecimentos, mas mais focadas no que vocês vivem.
Estejam certos de nossa Presença, de nosso Amor e de nossa Unidade.
Eu lhes digo então até muito em breve.
Dignem-se de acolher a Vibração, nossa Vibração conjunta: essa do Amor que nos libera e nos Unifica.
Até muito em breve.
Mensagem da Amada e Divina MARIA no site francês:
6 de março de 2011
(Publicada em 8 de março de 2011)
Tradução para o português: Zulma Peixinho
 

0 comentários: